CONHEÇA A GAZETA EXPEDIENTE CONTATO ANUNCIE BUSCA

atrações aviação bahia especiais eventos geral internacionais nacionais pessoas portugal salvador viagens
imprimir

A Bahia no Nobel da Paz de 2013

Museu do Nobel em Estocolmo

Texto/foto: Duda Tawil

O Prêmio Nobel da Paz de 2013, atribuído no dia 11 de outubro passado à OPCW - Organization for the Prohibition of Chemical Weapons - organização independente que luta pela proibição da fabricação e utilização das armas químicas no mundo, tem em parte a ver com a Bahia. É que, na sua equipe, está o engenheiro químico Nelson Siem, de origem sino-venezuelana, naturalizado brasileiro pelo casamento com a baiana Isabela Pedreira Cruz, também engenheira (civil), de família tradicional de Salvador.

Há oito anos eles moram com Bernardo e Gabriel em Haia, na Holanda, mas se conheceram durante o doutorado de ambos nos anos 80, na Universidade de Toulouse, na França. Antes, durante 17 anos, viveram em Salvador, quando Nelson trabalhou no Polo Petroquímico de Camaçari.

Desde 1997, a OPCW, cuja sede está localizada em Haia, bem perto da bela casa do casal, em estilo vitoriano do final do Século XIX, entrou em atuação, e depois dela muitos países começaram a destruir suas armas químicas. Hoje são 190 países membros, com a entrada da Síria recentemente.

A cerimônia de entrega do prêmio será como sempre no próximo dia 10 de dezembro, em Estocolmo, data da morte do seu criador, Alfred Nobel.

 

- Voltar -
 

 

18/02/2015 ATRACOES